A pandemia e a necessidade do distanciamento físico, no início de 2020, pegou todos de surpresa. Na ocasião, muitos estudantes estavam com livros da biblioteca da escola e, com o longo período de estudos domiciliares, acabaram impossibilitados de devolver as obras. Aos poucos, as aulas presenciais estão sendo retomadas. As atividades da biblioteca seguem suspensas, no entanto é possível devolver os livros nas caixas coletoras instaladas nas portarias de acesso.
A Biblioteca Sônia Haydê Randazzo reúne um acervo de 24.866 mil exemplares distribuídos em uma área total de 450 metros quadrados e está instalada no segundo andar do prédio administrativo do Colégio Santa Inês.